h1

São Paulo Passion Week…

June 23, 2009
Foto: Alexandre Schneider/UOL

Modelo para o verão 2010 de Alexandre Herchcovitch, a mais incrível manga-bola da temporada (Foto: Alexandre Schneider/UOL)

Então… O que dizer de um evento de moda que termina com um flashmob que mais parecia uma quadrilha?… Pra uma temporada de verão que tinha como título “Paixão/Passion” e tinha como inspiração a moda francesa, a São Paulo Fashion Week Verão 2010 foi bem fria e chocha. Vejamos…

Uma das melhores coisas que havia foi a exposição “Passion Paris Collections”, no térreo da Bienal, com roupas da “nova alta-costura” (seja lá o que isso queira dizer). Pelo menos ali dava pra ver trabalhos de oito estilistas novos que desfilam na França, como o português Felipe Oliveira Batista (assista a um vídeo de sua coleção verão 2009), os japoneses da Commuun e o brasileiro Gustavo Lins.

Na programação oficial do SPFW, como no Fashion Rio, predominaram os desfiles de showroom, que podiam bem estar num evento à parte, tipo São Paulo Ponta de Estoque Week. No evento paulista, no entanto, tem mais daqueles estilistas que curtem panaiada –enrolada, dependurada, arrastada pela passarela.

Por falar nisso, o que era o desfile do André Lima, que tinha mais cauda do que uma lata de pêssego em calda? Sorry, não resisti ao trocadilho… E o que eram os modelos do Fause? Panaiada pendurada nos ombros, nos quadris… É impressionante a quantidade de tecido que esses meninos gastam. E, no fim, a gente ainda fica com a impressão de que faltou pano…

O Lino mostrou umas panaiadas esvoaçantes também. Mas, pelo menos, eram uns panos ricos, tipo “alta-costura brasileira” (Guilherme Guimarães que me perdôe). Só não dá pra entender por que ele ainda insiste em fazer uma coleção masculina, que é tão feia, tão aquém do que ele mostra no feminino, e que parece tão errada (no mal sentido).

No extremo oposto, o Alexandre veio com uns homens certinhos (no bom sentido), comportadinhos, de preto (claro). A única cor que apareceu foi aquele amarelo-manga-ainda-quase-madura (que já deu, mas que a gente ainda há de usar). As peças eram realmente bonitas, mas é preciso saber se serão mesmo produzidas ou se só irão para a loja as peças do desfile (como aconteceu na temporada passada com diversas peças de alfaiataria). A coleção feminina estava bonita também, apesar de toda aquela loucurinha “manga-bola”, tipo “pour épater les bourgeois”, para usar uma expressão em voga na época de Bethy Lagardère. Mas ainda prefiro desfile “manga-bola” a desfile de showroom.

No feminino, estava incrível também o desfile da Gloria Coelho, inspirado nos corpos celestes. Os sapatos tubulares com salto de argola eram incríveis. Só não entendi uma história que ela contava depois, no backstage, sobre Júpiter e os cometas, e sobre o que estamos fazendo na Terra. Devem ser loucurinhas…

E quanto às “tendências”? Acho que volume despencado é uma, que o povo sério também chama de “nova geometria”. Acho “volume despencado” mais engraçado e mais parecido com o que de fato é. Todos aqueles culotes e ombros meio fora de lugar…

Depois tem o raio do “nude”… Que nome mais ridículo pra beige. Então, tem o “núdji”, que é como as pessoas dizem “nude” aqui, sempre (ou quase sempre) contraposto a cores cítricas (tipo o amarelo-manga-ainda-quase-madura e o rosa-bala-juquinha). Acho que é isso. Tá bom, né? Mas é pouco pra 40 marcas em seis dias de desfile. Waal, de novo…

PS1: Repararam que nem mencionei a moda-praia? Pois é. Quem gosta de falar sobre triângulos é Pitágoras. Hahahaha!

PS2: E se a coisa continuar assim, para a próxima tempora, tenho um amigo que sugere um novo nome pro evento: “São Paulo Fashion os olhos”… Acho um pouco bom…

PS3: Segundo reportagem da Folha, subiu para 12,8% a participação de modelos negros nesta SPFW, contra 5,9% na edição anterior. A cota “sugerida” pelo ministério público era de 10%. Logo se vê que era pífia.

6 comments

  1. ah se não fosse vc prá dizer a vida como ela deveria ser…ça c’est vrai. vamos acabar todos nas pontas dos escroques.


  2. não se preocupe… daqui a 6 meses tem mais. e viva o “núdji”!


  3. Pra quem diz que não gosta de falar o que não gosta, vc se saiu muito bem…kkkkkkk
    Pior que devo concordar com tudo…afff
    Mas ainda rola mais, certo? Achei muito pouco.
    Adorei.
    Au


  4. salvou meu dia de chuva, mas faltou saber o mais importante: – e o novo preto? bjs


    • é o núdji, bi, é o núdji!!


  5. Finalmente comprei a joelheira do fause pra minha penitência junina. meu look? sapato da glory hole, joelheira da fause, um kafta da neon (que é melhor do que o do tenda do nilo)na boca e a camisa de futebol americano tipo butterfly da ale. e muito correio elegante.



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: