h1

Espect-ator

May 3, 2009

Morreu na madrugada do último sábado (2/5), aos 78 anos, o teatrólogo Augusto Boal, fundador do Teatro do Oprimido e um dos nomes mais importantes do teatro brasileiro politicamente engajado. Boal sofria de leucemia e morreu em decorrência de complicações com a doença. Desde março deste ano, Boal era embaixador mundial da Unesco para o teatro, e, em 2008, foi a única participação brasileira na Bienal de arte de Berlim. No evento, o teatrólogo fez um workshop para cerca de 200 pessoas que este blog acompanhou (veja aqui).

Sobre o Teatro do Oprimido, experiência teatral criada por ele e que lhe rendeu uma indicação ao Nobel da Paz, Boal dizia:

“O Teatro do Oprimido é o teatro no sentido mais arcaico do termo. Todos os seres humanos são atores –porque atuam– e espectadores –porque observam. Somos todos ‘espect-atores'”.
(“Teatro do oprimido e outras poéticas politicas”
, 1975)

Veja também:

Site oficial do Teatro do Oprimido

Reportagem em vídeo sobre Augusto Boal no UOL

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: