h1

1968, o ano que não acabou…

June 4, 2008

Mais cartazes…

“Lenin kam nur bis Lüdenscheid” (ou, em tradução livre, “Lênin só chegou até Lüdenscheid”) é o nome deste filme que está chegando aos cinemas na Alemanha. O filme, dirigido por André Schäfer e baseado em livro homônimo de Richard David Precht, é uma espécie de “Adeus, Lênin” às avessas. Nascido em 68, filho de pais esquerdistas, na ex-Alemanha Ocidental, o autor reflete (com humor e ironia) sobre os fatos políticos que marcaram sua infância e juventude, como as revoltas estudantis, a Guerra do Vietnam, o terrorismo do Baader-Meinhof e a queda do Muro. Precht conta como era viver no Ocidente, em uma família que baniu de casa Mickey Mouse, Coca-Cola e outros ícones do “imperialismo americano”, e que almejava as conquistas sociais do comunismo que supostamente haviam sido feitas pela “outra” Alemanha. O filme vem puxado pelo gancho dos 40 anos do “movimento de 68” e traz o subtítulo “minha pequena revolução alemã”. Aliás, sobre o 40º aniversário de 68 (na Alemanha e no mundo), o Goethe Institute lançou um site especial que vale a visita.

Abaixo, o trailer do filme (que, por enquanto, só tem data de estréia na Alemanha):

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: